The Complete Mystery of Madeleine McCann™
Hi,

A very warm welcome to The Complete Mystery of Madeleine McCann™ forum.

Please log in, or register to view all the forums, then settle in and start chatting with us!

Enjoy your day,

Jill Havern
Forum owner

The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

View previous topic View next topic Go down

The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

Post by Guest on 16.09.11 12:50

Apologies if this has been talked about before, but I have never read it, or my old age has made my memory useless big grin Just been reading mccanfiles.com and came across this about a Metodo 3 detective and was shocked bigshock

From O Crime, paper edition, screenshot and full article on link....................

[snipped]


The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

When you hire someone, look for a good curriculum. But such a precaution was not made by the expeditious detectives "Método 3", the Spanish company that promised to find traces of Maddie. For they contracted in the Algarve a man suspected of strangling a prostitute, whose body was found last November in Pinhal do Ludo, close to Faro, and who is also accused of raping his 19-year-old daughter.

In the case of the prostitute, the suspect's 40-year-old car underwent an examination by experts who found DNA consistent with that of the victim, confirming in this way that the women, aged 37, a resident of Coimbra, was in the car.

In October 2007, the daughter of A.D. sued for rape. The young woman, aged 19, resided at the time in Elvas, Alentejo, Algarve and had gone to the Algarve to visit her father who convinced her to take a drive and eventually finished by raping her. He is currently in custody for this crime, although he has previously been in prison, also for rape.
A.D. managed, in the meantime, to attract the attention of Método 3 after he insinuated he had information related to the investigation of the "Joana case", the Algarvean girl who disappeared from the village of Figueira. He claimed that João Cipriano, the girl's uncle sentenced for murder, had confessed to him that Joana was alive and had been sold. Método 3 would have seen in this proximity the opportunity to devise some plan of competition to prove that hypothesis [that Joana was still alive] and, in case of obtaining it, draining the investigation of the PJ that were already, at that time, moving in the direction of admitting that Maddie had died in the apartment, in Praia da Luz. Meanwhile, the employee was revealed as a "bluff," and nothing of any relevance was discovered in relation to Joana. Eventually he finished with the detectives and even went so far as to accuse them of attempting to kill him.

Método 3 were recruited by the McCanns to find Madeleine, but after 2 years, the company discovered less than someone sitting on the sofa of their house. The director of the firm of detectives came to testify to the seven winds that he knew who had abducted Madeleine and that she was alive. Meanwhile, many thousands of euros later, not as many as one has been charged to date.


http://www.mccannfiles.com/id220.html



So who is A.D and he was in custody at this time, was he ever found guilty?

Guest
Guest


Back to top Go down

Re: The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

Post by Guest on 16.09.11 12:54

I've never seen this before. omg

Guest
Guest


Back to top Go down

Re: The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

Post by Guest on 16.09.11 13:07

Stella wrote:I've never seen this before. omg

Phew, thanks Stella. Thought perhaps somewhere a long time ago I may have seen it and forgotten. My memory is sometimes good, sometimes bad, but I felt sure I would have remembered this or people discussing it somewhere.

Guest
Guest


Back to top Go down

Re: The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

Post by PeterMac on 23.09.11 12:22

So far as I can make out his name is Amor Silva.
He was pleading psychiatric illness.

http://www.contra-ataque.com/forum/index.php?showtopic=14274&st=75
16/04/2009 - 10:51

Matou prostituta e violou a filha

Depois de violar a filha, a 25 de Outubro do ano passado, o predador de 40 anos recolheu à cadeia em prisão preventiva, no Algarve.
A recolha de vários vestígios biológicos no automóvel de Amor D. permitiu, entretanto, ao ‘CSI’ da PJ concluir que no veículo esteve outra mulher.
E, sabe--se agora, pelos resultados do laboratório, que se tratava de uma prostituta de Coimbra, encontrada em Faro, em Novembro, depois de estrangulada até à morte.

O corpo da prostituta, conhecida como ‘Sara’, 37 anos, foi encontrado, a 8 de Novembro, no Pinhal do Ludo, próximo de Faro, 14 dias depois de Amor D. ter sido preso por violação.
O corpo estava sem cabeça e sem uma perna, em avançado estado de decomposição.
Não havia dúvidas de que a vítima morrera vários dias antes.

A investigação revelava-se difícil.
Mas, na última semana, chegaram os resultados das análises aos indícios recolhidos no veículo de Amor D., sendo estes compatíveis com o ADN da vítima.
‘Sara’ esteve no carro de Amor D., agora o principal suspeito do homicídio da prostituta, além da violação da própria filha, de 19 anos.

Em Dezembro de 2008, a Judiciária chegou a confrontá-lo com pistas, mas adiou a diligência para Janeiro, altura em que o constituiu arguido por suspeita do homicídio da prostituta de Coimbra.

As investigações continuaram e ontem, já com base nos resultados científicos obtidos pelas perícias do ‘CSI’, a PJ anunciou ter identificado "o presumível autor do crime".
Amor D. "terá transportado a vítima na sua viatura, matando-a e enterrando-a no local", em Faro, diz o comunicado.
Matou a prostituta "em finais de Outubro", ou seja, poucos dias antes de violar a filha e ser detido.

Amor D. já tinha sido condenado a 16 anos de prisão, na década de 90, por outros crimes, incluindo os de violação e sequestro. Quando foi detido em Novembro passado, pela violação da filha, encontrava-se em liberdade condicional.


http://noticiasuteis.blogspot.com/2009/10/faro-falha-permite-violacao-e-morte.html

Faro - Falha permite violação e morte

Justiça: Violador julgado em Faro com passado negro
Falha permite violação e morte

Cinco meses antes de violar a filha no carro, em Outubro do ano passado, Amor Silva amarrou e tentou abusar sexualmente de uma colega de trabalho, numa cave na Quinta do Lago, em Loulé.

O predador sexual – que está a ser julgado no Tribunal de Faro por violação agravada da filha, de 19 anos, e pode escapar à cadeia se for considerado inimputável após perícia psiquiátrica – conseguiu imobilizar a colega romena, tapou-lhe a boca e desapertou-lhe as calças. Ameaçou que se gritasse matava-a. Só não seguiu “o seu plano até ao final” porque uma outra colega entrou na cave, descreve a Acusação, a que o CM teve acesso.

Tudo aconteceu na tarde de 3 de Junho de 2008. Amor já estava em liberdade condicional. A vítima apresentou queixa, mas, ao que o CM apurou, o agressor foi apenas ouvido por um funcionário do Ministério Público (MP) de Loulé e enviado para casa, quando deveria ter regressado de imediato à cadeia por quebra grave do benefício judicial que lhe tinha sido concedido.

A falha, cinco meses depois (25 de Outubro de 2008), permitiu que Amor consumasse o crime de violação sobre a filha. E que, segundo uma investigação posterior da Polícia Judiciária (PJ), tenha assassinado violentamente uma prostituta e enterrado o corpo no Pinhal do Ludo, em Faro. O alegado crime de homicídio, segundo a PJ, terá ocorrido na noite antes da violação.

Apesar dos vários indícios recolhidos que provam que a vítima esteve dentro do carro do predador sexual, no último dia em que foi vista, o MP decidiu arquivar o processo.

Doze anos antes, tinha sido condenado a 16 anos de prisão por violar e sequestrar cinco prostitutas.


Can't find what happened to him in the end though. I shall keep looking.

____________________


PeterMac
Researcher

Posts : 10170
Reputation : 143
Join date : 2010-12-06

View user profile

Back to top Go down

Re: The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

Post by PeterMac on 23.09.11 12:46

Think I have spotted it
@PeterMac wrote:
Apesar dos vários indícios recolhidos que provam que a vítima esteve dentro do carro do predador sexual, no último dia em que foi vista, o MP decidiu arquivar o processo.[/color]
Although there are indications that show that the victim was inside of the car of the sexual predator, on the last day she was seen, the Examining Magistrate decided to file the process.

Archive the Process . There's a lot of it about.

____________________


PeterMac
Researcher

Posts : 10170
Reputation : 143
Join date : 2010-12-06

View user profile

Back to top Go down

Re: The McCanns' detectives hired a person suspected of raping his own daughter

Post by Guest on 23.09.11 19:50

@PeterMac wrote:So far as I can make out his name is Amor Silva.
He was pleading psychiatric illness.

http://www.contra-ataque.com/forum/index.php?showtopic=14274&st=75
16/04/2009 - 10:51

Matou prostituta e violou a filha

Depois de violar a filha, a 25 de Outubro do ano passado, o predador de 40 anos recolheu à cadeia em prisão preventiva, no Algarve.
A recolha de vários vestígios biológicos no automóvel de Amor D. permitiu, entretanto, ao ‘CSI’ da PJ concluir que no veículo esteve outra mulher.
E, sabe--se agora, pelos resultados do laboratório, que se tratava de uma prostituta de Coimbra, encontrada em Faro, em Novembro, depois de estrangulada até à morte.

O corpo da prostituta, conhecida como ‘Sara’, 37 anos, foi encontrado, a 8 de Novembro, no Pinhal do Ludo, próximo de Faro, 14 dias depois de Amor D. ter sido preso por violação.
O corpo estava sem cabeça e sem uma perna, em avançado estado de decomposição.
Não havia dúvidas de que a vítima morrera vários dias antes.

A investigação revelava-se difícil.
Mas, na última semana, chegaram os resultados das análises aos indícios recolhidos no veículo de Amor D., sendo estes compatíveis com o ADN da vítima.
‘Sara’ esteve no carro de Amor D., agora o principal suspeito do homicídio da prostituta, além da violação da própria filha, de 19 anos.

Em Dezembro de 2008, a Judiciária chegou a confrontá-lo com pistas, mas adiou a diligência para Janeiro, altura em que o constituiu arguido por suspeita do homicídio da prostituta de Coimbra.

As investigações continuaram e ontem, já com base nos resultados científicos obtidos pelas perícias do ‘CSI’, a PJ anunciou ter identificado "o presumível autor do crime".
Amor D. "terá transportado a vítima na sua viatura, matando-a e enterrando-a no local", em Faro, diz o comunicado.
Matou a prostituta "em finais de Outubro", ou seja, poucos dias antes de violar a filha e ser detido.

Amor D. já tinha sido condenado a 16 anos de prisão, na década de 90, por outros crimes, incluindo os de violação e sequestro. Quando foi detido em Novembro passado, pela violação da filha, encontrava-se em liberdade condicional.


http://noticiasuteis.blogspot.com/2009/10/faro-falha-permite-violacao-e-morte.html

Faro - Falha permite violação e morte

Justiça: Violador julgado em Faro com passado negro
Falha permite violação e morte

Cinco meses antes de violar a filha no carro, em Outubro do ano passado, Amor Silva amarrou e tentou abusar sexualmente de uma colega de trabalho, numa cave na Quinta do Lago, em Loulé.

O predador sexual – que está a ser julgado no Tribunal de Faro por violação agravada da filha, de 19 anos, e pode escapar à cadeia se for considerado inimputável após perícia psiquiátrica – conseguiu imobilizar a colega romena, tapou-lhe a boca e desapertou-lhe as calças. Ameaçou que se gritasse matava-a. Só não seguiu “o seu plano até ao final” porque uma outra colega entrou na cave, descreve a Acusação, a que o CM teve acesso.

Tudo aconteceu na tarde de 3 de Junho de 2008. Amor já estava em liberdade condicional. A vítima apresentou queixa, mas, ao que o CM apurou, o agressor foi apenas ouvido por um funcionário do Ministério Público (MP) de Loulé e enviado para casa, quando deveria ter regressado de imediato à cadeia por quebra grave do benefício judicial que lhe tinha sido concedido.

A falha, cinco meses depois (25 de Outubro de 2008), permitiu que Amor consumasse o crime de violação sobre a filha. E que, segundo uma investigação posterior da Polícia Judiciária (PJ), tenha assassinado violentamente uma prostituta e enterrado o corpo no Pinhal do Ludo, em Faro. O alegado crime de homicídio, segundo a PJ, terá ocorrido na noite antes da violação.

Apesar dos vários indícios recolhidos que provam que a vítima esteve dentro do carro do predador sexual, no último dia em que foi vista, o MP decidiu arquivar o processo.

Doze anos antes, tinha sido condenado a 16 anos de prisão por violar e sequestrar cinco prostitutas.


Can't find what happened to him in the end though. I shall keep looking.





It says in the article though the initials are A.D?

Guest
Guest


Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top


 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum